quinta-feira, 20 de abril de 2017

Lista de Fachin foi prematura, afirma especialista

A divulgação prematura da lista do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) e relator da Operação Lava Jato, Luiz Edson Fachin, no último dia 11 de março, com nomes de mais de uma centena de políticos que deverão ser investigados pelo Ministério Público sob suspeita de participação nos esquemas de corrupção, configura o abuso de autoridade.

A divulgação prematura da lista foi de grande irresponsabilidade. Deve-se levar em consideração que o inquérito tem natureza inquisitiva e, portanto, deveria ser sigiloso, de modo que apenas as partes envolvidas tivessem acesso a ele. O código de processo penal é expresso em exige que o sigilo seja respeitado durante a fase de apuração dos fatos, o que não foi obedecido. Dispõe o artigo 20 do CPP: “A autoridade assegurará no inquérito o sigilo necessário à elucidação do fato ou exigido pelo interesse da sociedade”.

GRÁTIS - Futebol no Shopping Eldorado

Celebrando o futebol e seus fãs, a Chevrolet traz o evento Fanzone para São Paulo no fim de semana de 28 de abril. Durante três dias de evento, os fãs poderão testar suas habilidades através de desafios de desempenho e partidas entre fãs.

Localizado no Shopping Eldorado, o Chevrolet Fanzone abre para público sexta-feira, 28 de abril, sábado, 29 de abril e domingo, 30 de abril das 12h às 20h. Para entrar na arena não é necessário fazer pré-inscrições.

Força Interna Bruta - A expertise de extrair o melhor das pessoas

Foto de Christoph Reher
Já imaginou descobrir um superpoder, algo que possa levar a todos os seus objetivos? Para Tarsia Gonzalez, palestrante e consultora na área de gestão de pessoas e carreiras, todos nós temos esse poder, que ela chama de Força Interna Bruta, uma poderosa motivação interna que nos leva a conquistar tudo aquilo que planejarmos. “Quando somos colocados frente a frente a situações de risco e realmente necessitamos de nos manter de pé, temos duas escolhas: ativamos nossa Força Interna Bruta e descobrimos que somos muito mais, ou caímos de joelhos e pedimos ajuda. Para isso temos de aprender a ativá-la no nosso dia a dia”.

Alguns casos que tanto admiramos de superação, que vemos em notícias, por exemplo, nada mais são do que situações extremas, que fazem essa atitude vir à tona: “nós admiramos isso, muitas vezes desejamos ter a mesma força de vontade. A notícia boa é que todos nós a temos, só precisamos descobrir como ativá-la”, explica Tarsia. Mas qual a receita? Ela enfatiza: “cada pessoa tem seu limite, seu tempo pessoal, mas o principal caminho é o autoconhecimento”.